O que é PAYBACK e como ele é importante para o lucro do seu restaurante

O que é payback

Payback (ou “retorno”, em português) é o cálculo que representa o tempo que levará para seu investimento “se pagar”.

Esse é o tempo que leva para que os rendimentos acumulados se igualem ao investimento inicial. Em outras palavras, esse cálculo mostra o tempo que o investidor levará para recuperar sua aplicação inicial.

Como calcular o payback

O cálculo do payback está diretamente ligado ao fluxo de caixa — que, por sua vez, deve ser planejado conforme a realidade da empresa para que não haja enganos.

Supondo que você possua o seu fluxo de caixa projetado, como na situação abaixo, vamos ao cálculo do payback. Para simplificar seu entendimento, vamos utilizar um saldo médio de fluxo de caixa de R$ 3.000,00, considerando um fluxo de 12 meses e um investimento inicial de R$ 30.000,00. Sendo assim, considere:

  • PB: investimento inicial/saldo médio do fluxo de caixa
  • PB: R$ 30.000,00/R$3.000,00= 10 meses

Nesse caso, levará 10 meses para que o investidor tenha o retorno dos R$ 30.000,00 que foram investidos.

Não se apavore se nos primeiros meses o saldo do seu fluxo de caixa ficar negativo — isso é normal. Com os resultados positivos dos meses seguintes, o saldo se torna positivo, e quando isso ocorrer significa que o tempo que o cálculo do payback mostrou foi alcançado.

Relação entre payback e fluxo de caixa

Depois de compreender o que é payback, é primordial analisar sua relação com o fluxo de caixa. Ao acompanhar o exemplo anterior, você já consegue supor qual relação é essa, não é mesmo?

Isso porque, sem mensurar suas receitas e despesas com precisão, mês a mês, seu cálculo de payback ficará comprometido. Imagine uma situação em que a previsão de determinadas receitas não se confirme na prática. As receitas que não entraram em seu caixa deverão ser subtraídas do cálculo de payback.

Dessa maneira, você deve se esforçar para implementar uma gestão financeira eficiente em seu negócio, de modo que haja uma programação precisa de seus custos e margem de lucro.

Assim como qualquer outro indicador de desempenho, o payback tem suas vantagens e desvantagens. O que acontece é que ele pode sofrer influências de outras variáveis que poderão, por sua vez, alterar o resultado final.

QUAL É UM BOM PAYBACK PARA UM RESTAURANTE?

Algumas variáveis interferem, tais como: Ponto comercial, número de mesas, ticket médio, aceitabilidade do produto. Tudo isso está previsto no PLANO DE NEGÓCIOS.

No geral, o payback deve vir entre o 3º e 4ºano. Se vir antes, ótimo! Se vier após o 5º ano, então, este não é considerado um bom negócio, visto que em 5 anos o mercado muda completamente.

Já no 1º ano dá pra sentir se o negócio irá decolar ou não. Infelizmente, mais de 70% dos negócios de gastronomia fecham em 5 anos. A falta de planejamento e gestão acabam cobrando muito caro lá na frente.

Por isso é tão importante ter uma consultoria especializada que vai construir o seu plano de negócios, calcular o seu CMV, melhorar o seu PRIME COST, ajustar seu ticket médio, oferecer uma contabilidade de alto nível, com planejamento tributário e outros serviços.

A Nexxo tem tudo isso e muito mais! Entre em contato conosco AGORA MESMO para ver o seu negócio decolar! Restaurante bom é restaurante que dá lucro!

Compartilhe: