Malha Fina 2019

WhatsApp Image 2019-03-26 at 11.08.23

Você sabe o que é, como funciona ou como evitar a Malha Fina IR 2019? Não? Agora você vai entender tudo o que precisa saber para fazer sua declaração de Imposto de Renda sem preocupações.

O que é Malha Fina IR 2019?

A Malha Fiscal da Declaração de Ajuste Anual da Pessoa Física, também conhecida como “Malha Fina” é a revisão de declarações para verificar inconsistências na declaração do Imposto de Renda.

Feita de forma eletrônica, a Malha Fina IR 2019 examina as informações declaradas e compara com outros dados disponíveis na Receita Federal, dessa forma, é necessário ter muito cuidado ao fazer a declaração, pois a partir da entrega da declaração, o processo de verificação e cruzamento de dados é iniciado.

Caso haja alguma inconsistência, a declaração é separada para uma análise mais criteriosa. Depois disso, o contribuinte pode ser chamado para correções ou investigações futuras, o que pode gerar multas ao declarante.

Motivos mais recorrentes que levam os declarantes a cair na Malha Fina:

  • Despesas médicas não dedutíveis
  • Omissão de renda de dependentes
  • Dedução de previdência oficial ou privada
  • Omissão de salários de empregos anteriores
  • Omissão do recebimento de aluguéis
  • Omissão de pensão alimentícia
  • Incluir despesas educação que não são dedutíveis
  • Incluir dependentes de forma incorreta
  • Divergência entre os valores declarados com os informados à Receita Federal
  • Deduzir qualquer doação

Um novo motivo tem levado muitos declarantes para a Malha Fina, a ostentação nas redes sociais.

Fiscais da Receita Federal estão sempre de olho em quem leva uma vida luxuosa nas redes sociais e faz uma declaração que não condiz com o que é exibido na vida online. Desde 2016 esses dados são cruzados para encontrar possíveis sonegações, em 2017 mais de 2.000 pessoas foram pegas na investigação.

Selfies em mansões e carros de luxo podem trazer muitos likes, mas também muita dor de cabeça, se a declaração não for condizente com esse estilo de vida.

Quais os problemas de quem cai na Malha Fina IR 2019?

O contribuinte que cai na Malha Fina, não necessariamente precisa pagar multa. Em muitos casos, somente é necessário entregar uma declaração retificadora para corrigir os erros de declaração. A multa apenas é aplicada quando houver Imposto de Renda a ser pago.

Em casos mais graves, como documentos falsos ou recibos médicos forjados, quem tenta enganar o leão pode pagar caro, o percentual vai de 150% a 225% o valor do imposto, além do pagamento da taxa Selic.

Como evitar a Malha Fina IR 2019?

Não há uma fórmula mágica para não cair na Malha Fina IR 2019, afinal, diversos erros podem acontecer, mas aqui vão algumas dicas que vão te ajudar:

Tenha bastante atenção quando declarar números e vírgulas, é comum erros aparecerem nessa hora.

Ao informar saldos de aplicações e contas-correntes, não deixe de alegar o rendimento de cada uma delas.

É importante guardar os documentos usados na declaração do Imposto de Renda. Nunca se sabe quando poderá precisar de algum documento, é melhor precaver.

Ao entregar sua declaração, você pode acompanhar se ela caiu na Malha Fina IR 2019. Existem casos em que a declaração é liberada e depois retida ou vice-versa.

Como sair da Malha Fina IR 2019?

É possível descobrir se há problemas na sua declaração poucas horas depois do envio. Você pode acompanhar o documento através do Centro Virtual de Atendimento da Receita Federal (e-CAC).

Caso seja necessário corrigir ou acrescentar algum dado na declaração, existe uma declaração retificadora para isso. Porém, é necessário ficar atento: essa retificação vale apenas enquanto a Receita não notificou o declarante para prestar esclarecimentos.

Por isso, o quanto antes a declaração retificadora for enviada com as devidas correções, menor a chance de haver problemas. Para acessar a declaração, use o programa Receitanet utilizado para fazer a primeira declaração. É necessário informar o número do recibo da declaração original e fazer as correções necessárias.

Para casos onde o declarante entende que não há erro na sua declaração e ela foi retida, esse contribuinte deve aguardar a intimação do Fisco, se preferir, é possível agendar uma data para levar os documentos que comprovam os dados da declaração, dessa forma, a verificação da declaração é antecipada.

Atenção: Se a Receita entender que o declarante não tem razão e não procurou corrigir o erro, a multa é alta: 75% o valor do imposto mais os juros.

Agora que você sabe o que é, como funciona e como evitar cair na Malha Fina IR 2019, faça a sua declaração de forma segura. Precisa de um especialista para fazer a sua declaração? Conte com a Nexxo!

Compartilhe: