Crescimento do mercado vegano aponta nova tendência na gastronomia

Há poucos anos, falar de veganismo significava se deparar com o desconhecimento da população em geral sobre o assunto. Com o apoio das redes sociais, o estilo de vida ganhou cada vez mais destaque e tem vivenciado um crescimento cada vez maior. Segundo uma pesquisa IBOPE Inteligência de 2018, cerca de 14% da população já se declara vegana. Em comparação com 2012, o aumento é de 75%.
O cenário é semelhante no mercado vegano em geral. A estimativa é que o crescimento seja de 40% ao ano no país. A população tem se mostrado mais interessada em consumir produtos veganos. Para quem faz parte do movimento, essa nova onda tem facilitado a busca por produtos para consumirem.
Por conta disso, algumas áreas têm buscado atender a esse público, dando espaço a novas criações e possibilidades.
gastronomia é um dos segmentos que mais tem buscado se adaptar as particularidades do veganismo. Atualmente os restaurantes já incluem em seus cardápios opções para quem segue o movimento, isso quando não são exclusivamente voltados para esse público. Além disso, tem sido mais fácil encontrar opções prontas, como biscoitos, pães, entre outros. Se antes o cardápio era restritivo, hoje tem salgados, hambúrgueres, pão de queijo, entre outras opções.
Uma das novidades que tem dado o que falar é a PROTEÍNA VEGANA.

Esta inovação despontou recentemente com foco no mercado de clientes veganos, e esta tendência deve apenas crescer no próximo ano. Aqui, estamos nos referindo à “carne” vegana. Hambúrgueres à base de plantas que têm a mesma textura e um sabor semelhante à carne moída.

A rede de fast food Burger King lançou em setembro/19 o Rebel Whopper, o primeiro hambúrguer vegetal desenvolvido em parceria exclusiva com a Marfrig Global Foods, uma das líderes globais em carne bovina e a maior produtora de hambúrguer de origem animal do mundo.

Já o Mc Donald’s decidiu lançar um o novo sanduíche à base de plantas e para isto, começou em setembro de 2019 a realizar testes do lanche em 28 restaurantes no sudoeste de Ontário, no Canadá.

No Brasil, o Mc Donald’s tem um sanduíche chamado McVeggie, no entanto ele não tenta imitar carne e é composto por queijo coalho empanado no lugar do hambúrguer.

Mundo afora, o KFC também está pesquisando alternativas veganas para o seu cardápio. Isso significa que esta tendência veio para ficar e que os restaurantes e redes de fast food também embarcarão nesta ideia.

Fique de olho no mercado e nas tendências, assim você prospecta melhor as oportunidades de negócio e entende o consumidor, podendo atender com mais acurácia os seus anseios.

Compartilhe: