Como lidar com o CORONAVÍRUS em seu food service.

O CORONAVÍRUS está deixando o mundo inteiro assustado com seus números alarmantes e o temos coletivo só aumenta. Até o momento em que este texto foi escrito, a OMS já estima mais de 100 mil casos espalhados por todo o globo.

Por conta disso, é preocupante que os ambientes coletivos sejam vistos com um potencial de disseminação maior do vírus e, por isso, sejam menos frequentados.

Para se ter uma ideia a jornalista paraibana, Marina Magalhães, relatou fechamento de restaurantes e falta de máscaras e álcool em gel em farmácias em Alassio, na Liguria, Norte da Itália, um dos países mais afetados pelo vírus.

Coronavírus no Brasil

Mesmo que os números no Brasil ainda sejam bem mais tímidos, é natural que o temor coletivo e as notícias assustadoras, gerem nas pessoas um temor de frequentar lugares coletivos como shoppings, igrejas, estádios e, inclusive, restaurantes e bares.

Precisamos lidar com a iminente realidade de que seu negócio pode sofrer um grande impacto com o contexto atual e você precisa abrir os olhos para isso.

Resultado de imagem para coronavirus restaurante

O que fazer para gerar confiabilidade na sua clientela e manter as contas saudáveis diante desta ameaça?

Preparamos 5 passos práticos que vão te ajudar a lidar com o avanço do CORONAVÍRUS em seu empreendimento.

1 – Tome ações efetivas de higienização do local conforme as recomendações da OMS.

É de extrema importância que todo seu estabelecimento esteja em conformidade com as recomendações sanitárias regulares além das orientações específicas por conta do espalhamento do coronavírus. Não apenas a saúde do seu público, mas a dos seus funcionários também está em jogo neste momento.

2 – Torne essas ações divulgadas a seu público gerando confiabilidade nele.

Tão importante quanto tomar essa medidas, é fazê-las conhecidas do seu público. Não tenha a menor dúvida que este será um enorme fator decisório do seu potencial cliente sobre ir no seu estabelecimento ou não. Para isso, utilize das redes sociais, google e todos os meios virtuais e físicos que possam gerar confiabilidade no seu estabelecimento acerca da segurança dessas medidas.

3 – Exponha estes recursos num local fácil e visível do seu estabelecimento.

Como a segurança do seu cliente, da sua equipe de trabalho e, por que não, a sua também estão em risco, é importante que os mecanismos sanitários estejam num local de fácil acesso e visibilidade. Com isso, o combate é feito de forma rápida e eficiente, gerando mais confiabilidade na sua clientela.

Resultado de imagem para coronavirus restaurante
A rede de fast food McDonald’s teve que paralisar seu funcionamento em algumas cidades por conta do alastramento do Coronavírus

4 – Comece a pensar na possibilidade de começar e/ou ampliar sua demanda via app’s de delivery, afinal de contas, a ida física ao restaurante certamente será  substituída pela experiência domiciliar da entrega.

Vamos combinar, por melhores medidas que você tome, muitas pessoas simplesmente não irão em locais de grande circulação enquanto a onda do coronavírus continuar. Mas isso não  é motivo para crise. Pelo contrário, surge aí uma oportunidade. Que tal começar a fomentar o seu sistema de delivery para continuar servindo os seus clientes no conforto das suas casas? Aliás, as demandas via delivery estão crescendo exponencialmente e são uma das principais tendências daqui pra frente no food service. Não fique para trás, o mercado é dinâmico e você precisa se adaptar.

5 – Com a potencial queda de público nas próximas semanas (podendo chegar a meses), você vai precisar ter TOTAL ATENÇÃO ao seu planejamento de compras e principalmente ao seu CMV (custo de mercadoria vendida).

Pensando nisso, preparamos um E-BOOK GRATUITO para te ajudar a calcular o seu CMV e te ajudar a construir um planejamento mais apurado com decisões mais acertadas. Você pode acessar este material GRATUITAMENTE clicando aqui:

 

BAIXE GRATUITAMENTE CLICANDO AQUI

 

Compartilhe: