Contabilidade para restaurante: O crescimento dos pequenos negócios em alimentação

Contabilidade para restaurante:

Contabilidade para restaurantes exige um know how específico e quem empreende no Food Service sabe como isso faz falta. Eu sei que se você chegou até aqui é porque está insatisfeito com a contabilidade do seu restaurante ou pelo menos curioso por novas ferramentas, certo?

A maioria dos empreendedores escolhem uma contabilidade levando em conta apenas a amizade. Normalmente você conhece alguém ou conhece um conhecido de alguém. Afinal de contas, não é qualquer um que pode ter acesso aos números do seu negócio. Isso é ótimo, mas não é tudo. O que você precisa mesmo é de uma contabilidade que entenda as suas dores específicas de dono de food service.

Compreender a sua rotina, dinâmica e desafios particulares é parte ESSENCIAL do sucesso de uma parceria.

Contabilidade para restaurantes


Um estudo realizado pelo Global Entrepreneurship Monitor (GEM) trouxe um dado interessante sobre empreendedorismo no Brasil! 61,8% dos entrevistados pelos pesquisadores disseram que decidiram abrir um novo negócio porque identificaram uma oportunidade e não porque se viram desempregados e obrigados a encontrar um meio de sobrevivência.

Saber como abrir um negócio de alimentação, portanto, passou a ser um desafio para muitas pessoas, tendo em vista que essa área é uma das que mais gera oportunidades para novos negócios.

O crescimento animador do Food Service

Para Alberto Lyra, diretor executivo da Associação Nacional de Restaurantes (ANR), existe atualmente um panorama sobre como os pequenos negócios em alimentação são uma oportunidade para empreender.

Principais oportunidades para empreender na área da alimentação

Para Lyra, o que está em alta no momento são as ideias inovadoras, que são capazes de criar marcas fortes e atrair a atenção do público. “Há certos segmentos que atraem novos empreendedores todos os dias, como é o caso das hamburguerias. Mas com uma grande concorrência, os desafios são sempre maiores. Não por acaso, há marcas que surgem e desaparecem com a mesma velocidade. É fundamental estudar o mercado, a área e trabalhar em um plano de negócios factível”.

Tendências para o setor gastronômico em 2020

Relacionado: dark kitchen, a nova tendência do Food Service

Em 2020, o mercado da gastronomia seguirá em alta. Por isso, quem deseja saber como abrir um negócio em alimentação precisa estar atento às tendências.

“O mercado continuará trabalhando com a culinária zero desperdício, com a utilização de ingredientes locais e orgânicos – vide o sucesso da carne vegana, que tem invadido diversos estabelecimentos. Os consumidores também esperaram que seus restaurantes favoritos cheguem até eles, o que aumenta a demanda por opções fora dos estabelecimentos, incluindo delivery. A tecnologia também segue mandatória para a alimentação fora do lar. Pedidos por voz e uso de dados por ofertas personalizadas devem ganhar mais espaço, assim como outras ferramentas e soluções que tragam agilidade nos processos e reforcem um atendimento de excelência”.

 

Via Fispal (adaptado)

 

8 dicas p/ mudar o seu cardápio e vender mais!

O que é PAYBACK e como ele é importante para o lucro do seu restaurante

Compartilhe: